Coruja-das-torres

Tyto alba

Classificação científica
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Strigiformes
Família Tytonidae
Género Tyto
Espécie Tyto alba

Características:

– Esta ave mede cerca de 25-45 cm de comprimento;

– Tem uma envergadura de cerca de 75-110 centímetros;

– Seu peso varia de 250 a 700 g., as fêmeas são geralmente 25% maiores que os machos;

– Sua coloração é castanho-claro e manchas pretas nas costas e parte de trás da cabeça, além de pequenas e finas manchas pretas ou marrom escuras espalhadas por todo o corpo excepto na parte interna das asas. Seu peito, e toda parte inferior do corpo, tal como a área interna das asas são de cor branca, podendo também apresentar-se na cor branco-acinzentado ou branco amarelado;

– O pescoço tem área de “giro” de 270° para compensar o fato de seus olhos serem imóveis;

– Tem excelente visão nocturna;

– Vive até 18 anos;

Habitat:

– Encontra-se geralmente em zonas montanhosas, voando em círculo (busca de presa);

– Esta ave pode ser encontrada desde a Europa Ocidental até à Ásia e ao Norte de África;

– A sua área de procriação é na América do Norte incluindo o México norte-central, os Estados Unidos ocidentais, também o Alasca e o norte do Canadá.

– Em Portugal: O melhor local para ainda observar esta ave, é o interior Norte do país. Ocasionalmente pode ser avistada no Alentejo ou mesmo no Algarve, mas será muito difícil ter esse vislumbre.

Alimentação:

– São animais nocturnos altamente dotados para caçar pequenas aves, invertebrados, roedores, pequenos lagartos e anfíbios;

Predadores:

– Não lhe são conhecidos predadores naturais.

Reprodução:

– Reproduzem-se pelo menos 1 vez ao ano em qualquer época, definido apenas pela quantidade de comida disponível em seu território;

– Nidifica em quintas, montes, moinhos, celeiros, ruínas e igrejas, e mesmo em grandes povoações. Evitando, normalmente, florestas, particularmente resinosas;

– Não constroem ninhos;

Estado de conservação:

– Esta espécie tem sofrido um declínio moderado na maioria dos países europeus, devendo-se ao aumento da agricultura, ao uso de pesticidas e subsequente diminuição dos roedores e cavidades naturais e artificiais para nidificação.

– Tem um estatuto de conservação considerado desfavorável neste continente;

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: